E se...

Por: | 12:43 Deixe um comentário
E se a gente afirmasse: "Seu site é um importante buscador!", "Fanpage bonitinha importa sim!", "Mobile é o novo site!" e que "Offline sozinha não funciona mais!". Acharia que estamos ditando mais regras no mundo do marketing digital, não?

Bem, não levemos essas informações ao pé da letra, mas vamos conversar sobre tudo isso aí embaixo. Vem com a gente?

Vimos o Marcelo Tripoli, Bruno Montoro, Bruno Dreux, Bruno Mello, 
Dado Schneider, Edney Souza e Martha Gabriel. 

Estamos falando do 16º Encontro da Locaweb, que aconteceu no dia 15/05, no Rio. Começamos falando como estão as buscas na internet. Os sites de busca ainda são importantes, mas a novidade é que algumas pessoas continuam buscando nos próprios sites que visitaram. Exemplos são os carrinhos abandonados. Como capturar as pessoas novamente? Trabalho pra gente! 

 A conversa sobre Facebook tocou novamente no ponto sensível da coisa: engajamento dos fãs x qualidade de curtidores. Os posts das páginas dividem espaço com os filhos recém nascidos dos amigos e ainda com a viagens da vida deles. Foi sublinhado: conteúdo é o que importa e  a estética da imagem e coerência com o a rede também! 

A conversa entre online e offline é uma necessidade. Não foi apenas um palestrante que disse. Exemplos: o online aparece nos pontos de venda físico, como, também, oferece uma experiência mais próxima com o produto via mobile.

Mobile foi o ponto alto. Devemos elaborar estratégias pensando nele. Os números apresentados mais uma vez dizem que grande parte dos acessos vêm do mobile. Imagens, links, enfim, toda estratégia, devem ser levados em consideração. Devemos lembrar que há uma geração, consumidores em potencial, que já nasceram com o digital na mão! São chamados de geração Z. 

Essa geração, que vem depois do Y, são os nativos tecnológicos e em instantes entrarão no mercado de trabalho, e colocarão suas ideias em prática. Ou aprendemos com eles ou ficaremos ultrapassados com apenas 30 e poucos anos. Muitas provocações e poucas respostas. Tudo bem. Já ouvimos por aí que são as perguntas que movem o mundo, seja online ou offline. 

A produção do evento vai disponibilizar as apresentações, a gente combina assim: o que tiver de mais interessante, dividimos com vocês. Esperam?

0 comentários:

Postar um comentário